DRTV - RADIO ONLINE AO VIVO

DRTV - RADIO ONLINE AO VIVO - Apresentação: Dj Dirceu e Rosangela Matos
Um oferecimento de Revista Champagne News
Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

domingo, 28 de julho de 2013

Corinthians busca vitória e São Paulo quer triunfo para aliviar crise.

Dois pontos separam Corinthians e São Paulo na tabela do Campeonato Brasileiro (os são-paulinos têm dois jogos a mais), diferença que pode ser ampliada ou superada, às 16h, no Pacaembu, em duelo pela nona rodada.

Esse é o único fator que aproxima hoje os rivais. Em divida com suas torcidas no Brasileiro, eles buscam colocar suas contas em dia.

O São Paulo faz o último jogo no torneio antes da excursão para Alemanha, Portugal e Japão com muitas pendências para resolver.

Primeiro, não quer alcançar aquele que seria o pior jejum da sua história. Está há 11 jogos sem vencer, com nove derrotas e dois empates. A marca atual é igual às alcançadas em 1951 e 1986.

Depois, o clube do Morumbi tenta acertar contas com o Corinthians, time com quem fará o quinto confronto em 2013, quase sempre saindo de campo em desvantagem.

Para o São Paulo, os dois últimos clássicos resultaram na demissão do técnico Ney Franco e na perda do título da Recopa Sul-Americana, que ampliaram a crise interna, terminando com a saída do diretor de futebol, Adalberto Baptista, na quinta.
O técnico Tite orienta seus jogadores na final da Recopa Sul-Americana - Miguel Schincariol - 17.jul.13/AFP
O Corinthians também bateu os são-paulinos na semifinal do Campeonato Paulista, em decisão por pênaltis.

"Curto e grosso, sim", responde o técnico do Corinthians, Tite, ao ser questionado se preferia o São Paulo em situação melhor para o jogo.

"Divide-se as responsabilidades pela grandeza. Agora, o Corinthians tem de fazer, tem de jogar, a coisa fica pendendo para o nosso lado", disse o treinador.

Mesmo com favoritismo, o Corinthians tenta iniciar sua reação no Brasileiro, competição que é apontada como prioridade desde a queda na Libertadores, em maio.

O problema é que o desempenho da equipe até agora não foi satisfatório. Todas as oportunidades que o time teve para progredir na tabela não se concretizaram.

A ressaca do título do Paulista, o grande número de desfalques, o excesso de jogos no primeiro semestre (36) e a falta de uma pré-temporada adequada foram apontados como justificativas para o fato de o time não ter ainda arrancado na competição.

Mas os dois últimos tropeços irritaram os torcedores. O revés para um time misto do Atlético-MG, no Pacaembu, resultou em vaias para Pato. E o empate contra o Atlético-PR, em Curitiba, prejudicado pelo gramado, fez a torcida exigir uma reação imediata.

Para o São Paulo, uma vitória hoje poderá minimizar a crise interna e dará um pouco de tranquilidade para Autuori trabalhar na sequência da competição. Já para o Corinthians, o triunfo deve incentivar a equipe na tão desejada disparada para alcançar os líderes do torneio.

O técnico Paulo Autuori comanda treino do São Paulo - Julia Chequer - 11.jul.2013/Folhapress

DEFESA

Apesar de mudar sua zaga, com a entrada de Paulo Miranda e a saída de Lúcio, e a provável escalação de três volantes, deixando Ganso no banco, o técnico são-paulino Paulo Autuori nega que vá jogar defensivamente para empatar e evitar a terceira derrota seguida para o rival.

"Nunca vou entrar em campo para empatar um jogo."

Tite, por sua vez, terá time completo depois que o lateral Fábio Santos se recuperou de problema no tornozelo.

Fonte: Folha de São Paulo
Texto de: Rafael Valente - São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nossos leitores - Our readers

Postagens populares

Seguidores

Destaques - Jornal Cidade em Foco Az

Veja também:

Obras no Palestra Itália - SP/BR